top of page
  • Clinica Valéria Marcondes Dermatologia e Estética

Como o Botox pode melhorar a depressão


Imagem de uma agulha aplicando Botox na testa de uma mulher para auxiliar na depressão

A toxina botulínica, popularmente conhecida como Botox, possui um poder transformador não apenas para as rugas. Ela também auxilia o bem-estar mental. Descubra a seguir como ela pode te ajudar!


Botox para auxiliar a saúde mental

Há no corpo humano um mecanismo de feedback que liga a musculatura da nossa face ao cérebro. Ou seja, na prática, o nosso corpo manda para o cérebro a mensagem de que estamos "mal" quando estamos com expressões de raiva ou tristeza.


Como o botox imobiliza a musculatura que forma essas expressões, ele acaba bloqueando esse mecanismo e, assim, interrompe o feedback muscular que a face transmitiria ao sistema nervoso.


De acordo com uma pesquisa, publicada no periódico Scientific Reports, são nítidos os efeitos neuronais da toxina botulínica em pacientes limítrofes. Foi possível observar que o produto teve influência na chamada amígdala ou núcleo amendoado no lobo temporal do cérebro, onde os medos surgem e onde são processados.


Saiba mais sobre a relação entre Botox e depressão

Dra. Valéria explica detalhadamente como o Botox ajuda a aliviar a depressão. Confira no vídeo a seguir:


17 visualizações

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page